Translate this blog

Pesquisar este blog

2.05.2009

Coaching equilibra o sucesso profissional e pessoal das mulheres

Por: Pollyanna Melo - Portal Administradores

As mulheres estão tomando conta do mercado de trabalho. Isso está acontecendo porque o pensamento de muitas profissionais brasileiras, que querem aliar o sucesso pessoal ao trabalho, é de chegar até a presidência das empresas. Para isso, é preciso ser dedicada e comprometida com os resultados e estabelecer um planejamento em que as competências sejam o foco de desenvolvimento.

No Brasil, alguns dados de pesquisas desenvolvidas pelo IBGE, juntamente com outra empresa de anúncios de empregos, indicam que as profissionais da "sociedade pós-moderna" estão invadindo o mercado de trabalho. Hoje, 44% da população economicamente ativa são mulheres. Nas faixas de 30 a 39 anos, elas ocupam postos de trabalho na proporção de 26,5% contra 20,8% ocupados pelos homens e na de 40 a 49 anos, 20,8% contra 19,1% de homens. A participação de executivas em cargos de gerência cresceu cerca de 10% de 1994 para o inicio de 2007. Hoje, são mulheres gerentes 22,16%, em 94 eram apenas 12,42%. Já existem 15,14% de executivas ocupando cargos de presidência em empresas.

Entretanto, o sexo nada frágil, para alcançar prestígio profissional tem acumulado cada vez mais funções e atividades e, administrar toda essa demanda, é um desafio. A psicóloga e diretora do Instituto Saber, Márcia Dolores Rezende, explica que algumas têm encontrado apoio em profissionais que as auxiliem na hora de tomar decisões, de enfrentar pressões, medos e, ainda que ensinem a como aumentar as competências pessoais da equipe. “Essa grande dificuldade em conciliar o trabalho e vida pessoal e também de alcançar cargos de liderança fazem delas as maiores usuárias de sessões de coaching eficaz com PNL, processo que dá oportunidade para o desenvolvimento de talentos de forma estruturada. Através dessa ferramenta, é possível gerenciar limitações por meio de instrumentos práticos e vivenciado seu dia-a-dia”, destaca.

Márcia afirma que as mulheres se cobram mais que os homens, e lutam mais para chegar onde desejam, sempre querendo mais. Mesmo em pleno século 21, ainda sofrem pressões de crenças que permeiam a atuação profissional.

Segundo as observações da psicóloga, a vontade de receber uma orientação profissional coincide com algumas transformações no plano pessoal e para reestruturar a carreira, as gestoras optam pelo coaching eficaz. “O treinamento personalizado oferece dados para motivar e permitir que as mulheres acreditem em sua capacidade, catalisando mudanças e mobilizando os outros a fazerem o mesmo. Para realizar esses anseios, é fundamental desenvolver competências, liderança, autoconfiança, iniciativa e comunicação, e o coaching eficaz, aliado a uma das áreas da Programação Neurolinguística e da Psicologia Transformacional, facilita e ajuda as executivas a chegarem às metas que almejam”, defende a psicóloga.

Márcia ressalta que o uso das ferramentas da PNL é indicada especialmente para quem deseja devolver o potencial interno de habilidades emocionais. “As instruções transmitidas são feitas a partir de explicações didáticas e exercícios passo a passo que ensinam, na prática, como utilizar o poder da mente a seu favor, equilibrando o profissional com o emocional. Num mercado competitivo o uso da inteligência emocional e social são facilitadores num processo de desenvolvimento”, finaliza.
Postar um comentário