Translate this blog

Pesquisar este blog

9.03.2013

Eike pode vender Glória a Acron



..:: Fonte: Valor Online

O empresário Eike Batista está finalizando negociações para vender o Hotel Glória ao fundo de investimento suíço Acron. A informação foi confirmada à agência de notícias Dow Jones pelo diretor de comunicação do fundo, Kai Bender. A oferta de R$ 225 milhões (US$ 94,9 milhões) pelo empreendimento, que só tem a fundação pronta e a fachada preservada, surpreendeu empresários que também negociavam com a REX, braço imobiliário do grupo EBX.

Quando colocou o que resta do hotel à venda, a REX pedia R$ 200 milhões - R$ 80 milhões que pagou pelo prédio e R$ 120 milhões que já havia investido no negócio. Interessados em conseguir um novo e valorizado espaço na cidade, grupos nacionais e internacionais, fizeram propostas à REX.

Nos últimos dias, executivos da empresa de Eike disseram aos negociadores que haviam recebido uma boa oferta e consultaram sobre eventuais novas propostas. Como não houve nenhuma que superasse a feita pelo Acron, a conclusão do negócio foi iniciada.

Segundo um empresário ligado ao setor, e que também disputava a aquisição, a conclusão do negócio ainda depende da "due dilligence", a ser iniciada nos próximos dias. Esse empresário disse que a alta do dólar pode ter beneficiado a negociação já que, para o mercado externo, o ativos em reais ficaram mais baratos. Além do fundo, pelo menos três outros grupos estavam interessados na aquisição do hotel. A empresa de Eike disse que não vai comentar as informações.

Em 2010, o grupo EBX iniciou reformas e o rebatizou de Glória Palace. O ritmo lento e a destruição da parte interna e do teatro preocupavam quem acompanhava a execução. Em meados de junho deste ano, as obras foram paralisadas. Calcula-se que 70% da obra precisa concluída, num investimento de cerca de R$ 200 milhões.

Ontem, o presidente do banco BTG Pactual, André Esteves, falou sobre Eike: "É um grande empreendedor e empreendedores às vezes falham... Ele lançou projetos muito complexos... A gente tem uma missão simples que é tentar mitigar os danos dessa derrocada. É uma história triste, era um projeto que ele acreditava [...] ele é o maior perdedor." Esteves participou do "IV Fórum Liberdade e Democracia", realizado em Belo Horizonte. Os comentários foram feitos após uma pergunta da plateia sobre o EBX. O BTG está assessorando o grupo de Eike Baptista, que enfrenta problemas em diversas operações.
Postar um comentário