Translate this blog

Pesquisar este blog

4.26.2010

Vitaminas Corporativas

Por: Gumae Carvalho e Carolina Sanchez Miranda - Revista Melhor - Gestão de Pessoas

Cuidar do treinamento, fortalecer a cultura organizacional e fazer uma boa avaliação de desempenho são algumas das ações de RH que merecem atenção por parte das empresas que desejam crescer e ficar fortes - e das que já atingiram esses objetivos e não querem que eles se desfaçam.

O que dizer de uma empresa, vamos chamá-la de "A", que, há uns seis anos, teve um faturamento de 300 mil reais. Pouco? Pode até ser, mas talvez fosse algo razoável para um grupo de apenas quatro pessoas que atuavam num mercado praticamente desconhecido no país. Vamos, agora, olhar para outra companhia, "B": em 2009, ela faturou 20 milhões de reais. Um bom resultado? Levando em conta que possui 80 funcionários e é jovem, nada mau. Acontece que "A" é igual a "B" e este, por sua vez, é diferente de "A". Complicado? Vamos por partes. De fato, falamos da mesma empresa: a Crivo, de São Paulo, especializada em oferecer soluções em automação para a tomada de decisão de crédito e risco. Só que, por tratarmos de cenários e épocas distintas, temos duas organizações diferentes, como diz Rodrigo Del Claro, seu diretor de relacionamentos. "Dobramos o faturamento ano a ano. É uma empresa nova a cada ano", ressalta. O que há em comum tanto em "A" quanto em "B" é a preocupação com o fator humano no processo de crescimento.

Recentemente, assistimos a um exemplo de companhia que, depois de atingir um crescimento considerável no segmento em que atua, vive em maus lençóis. E um dos aspectos que contribuíram para isso refere-se à gestão de pessoas, nas palavras de seu presidente. Duvida? Depois de ter de anunciar um recall que está mobilizando cerca de 9 milhões de carros em todo o mundo, o presidente da Toyota, Akio Toyoda, reconheceu que a empresa pode ter crescido rápido demais, não dando o treinamento adequado a seus funcionários.

..:: Leia o artigo completo na Revista Melhor - Gestão de Pessoas

Postar um comentário