Translate this blog

Pesquisar este blog

2.14.2010

RH.com.br - Comunicação - 10 motivos para dizer “não” aos boatos na empresa

Você soube da novidade que está percorrendo os corredores da empresa?'. 'Lembra-se de ‘fulano' do setor de informática? Ele contou uma verdadeira bomba'. Frases como essas são comuns nos corredores das empresas e não importa o segmento ou o tamanho da organização. São os chamados boatos que se multiplicam pela chamada 'Rádio Peão' e que tanto podem disseminar informações distorcidas que não causem estrago à vida da empresa quanto divulgar 'novidades' que culminam em fortes dores de cabeças para muitos profissionais, quando não levam os funcionários a um estado de medo. Isso geralmente ocorre quando, por exemplo, ocorre alguma demissão, um gestor é transferido ou, então, novas ferramentas são implantadas pela administração. Seguem algumas razões para averiguar se as informações que correm de 'boca em boca' são motivos para deixar você, sua equipe ou demais colegas preocupados.

1 - Se alguém é desligado da empresa, não importa o cargo que a pessoa ocupe, nunca pense que o fato desencadeará uma onda de demissão em massa. Além de estressar a você mesmo, essa informação certamente deixará os demais ao seu redor com um analgésico prestes a ser engolido.

2 - O desligamento pode ter sido iniciativa do próprio funcionário que conseguiu uma proposta melhor ou que por um motivo de ordem pessoal, precisou afastar-se da empresa temporariamente.

3 - Quando uma organização preocupa-se com o clima, o líder toma a iniciativa de comunicar aos liderados o desligamento de um membro da sua equipe. Isso acalmará os demais profissionais e não dará margens às fofocas.

4 - Ao saber que uma nova tecnologia ou ferramenta será adotada, antes de dizer não ao novo, ao desconhecido, deixe primeiro que seu gestor faça a comunicação oficial e não leve em consideração o que 'fulano' disse: 'Essa novidade só trará dor de cabeça para todos, porque é muito complicada de ser utilizada'. Antes, participe do treinamento oferecido pela empresa para realmente constatar se você terá ou não dificuldades em lidar com aquele novo recurso.

5 - Seu gestor foi transferido, desligou-se da empresa ou se aposentou? Nada é eterno e o mundo está em constante transformação, inclusive o meio organizacional. Por essa razão, se ouvir comentários do tipo: 'O novo chefe trata todos no chicote e adora perseguir as pessoas. O departamento vai virar um inferno'. Não faça a imagem de uma pessoa, sem primeiro conhecê-la. A metodologia de trabalho pode ser até diferente, mas não significa que quem chegará trará um 'copo de espinhos' para você beber.

..:: Leia as demais dicas aqui: RH.com.br - Comunicação - 10 motivos para dizer “não” aos boatos na empresa

Postar um comentário