Translate this blog

Pesquisar este blog

4.29.2009

Treinamento EcoEmpresarial: Limitações: conjunturais ou estruturais?

Por: Aristides Faria

Como já comentamos em nossa coluna, todos têm deficiências curriculares. É possível chamá-las também de limitações. Como exemplo pode-se citar a falta do conhecimento de um segundo idioma, o que limita a sua comunicação.

Atualmente, o acesso ao ensino formal e a cursos de qualificação diversos popularizou-se, o que torna os currículos cada vez mais semelhantes no que compete os conhecimentos e as competências. Neste sentido, as habilidades e as atitudes fazem a diferença entre profissionais das mais diversas áreas.

A chave para o sucesso duradouro e a uma carreira consistente é perceber se tais limitações são conjunturais ou estruturais. Parece confuso? Vamos compreender melhor estes termos:

Limitações conjunturais: são as deficiências – curriculares ou comportamentais – que as pessoas apresentam momentaneamente. Não importa aqui se elas percebem ou não tais limitações, mas o fato de elas existirem por um determinado motivo que pode ser passageiro, conjuntural. Como exemplo, pode-se citar o domínio operacional de determinado software.

Limitações estruturais: um bom exemplo de deficiência estrutural é a altura de uma pessoa. Eventualmente, um operador de máquinas deve apresentar determinada altura para que possa ocupar este cargo com eficiência e segurança. Como ele poderá sanar esta limitação sem o uso de artifícios? Impossível. Percebendo ou não, tal limitação existirá e não poderá ser sanada.


A vivência em ambientes naturais nos ajuda a perceber que todos possuem limitações – conjunturais ou estruturais –, mas que, em equipe, podemos superar desafios e cumprir tarefas.

Caminhar em uma trilha é uma atividade relativamente simples, mas que demanda cooperação e ajuda mútua. Uma pessoa com pernas curtas poderá, por exemplo, enfrentar dificuldades ao tentar saltar um córrego. Neste momento, alguém com estatura maior entra em cena para ajudá-la.

Atitudes simples nos ajudam a perceber a importância da colaboração e da ajuda mútua que todos precisam e exercem tanto em meio a natureza, quanto no ambiente corporativo
.

Para saber mais sobre treinamentos vivenciais ao ar livre no litoral paulista clique aqui!

PUBLICAÇÃO SIMULTÂNEA NO BLOG DA ABBTUR SÃO PAULO E NO WEBSITE OUTRO LADO DA NOTÍCIA.
Postar um comentário