Translate this blog

Pesquisar este blog

4.23.2009

Tendências do turismo: Fortalecimento da confiança

Por: Aristides Faria

O acesso a informação e às múltiplas oportunidades de qualificação profissional crescem, assim como a popularização do ensino de boa qualidade, inclusive por meio da educação à distância, que equaciona as diferenças regionais de um país tão territorialmente amplo como o Brasil.

É uma tendência do ensino em turismo e da educação profissional, aquela que acontece dentro das organizações, proporcionar mais e melhores oportunidades de renda, emprego e trabalho. Neste sentido, larga na frente o profissional que, independentemente das crises cíclicas da economia, continuar a investir fortemente em sua qualificação para o mercado de trabalho.

Neste cenário, fica evidente que os currículos equiparam-se, ou seja, o acesso a cursos e à informação populariza-se, o que torna os profissionais bastante semelhantes em determinados pontos de análise curricular.

O que é, então, um diferencial competitivo?

Relacionamentos. A boa qualidade dos relacionamentos pessoais no ambiente de trabalho – e mesmo fora dele – são o fator de diferenciação atualmente.

Convenciona-se chamar a isto de Competência Social. Em resumo, é a maneira como o profissional se relaciona com seus pares, subordinados e superiores. A análise parece simples, mas deve-se atentar ao fato de que este ambiente de convívio muda. Hoje, torna-se fácil perceber isto por conta da crise econômica.

Por exemplo: Você é um Agente de Viagens. Imagine que, em virtude da queda abrupta no faturamento de sua agência, haverá redução no número de Agentes. Até então, toda a equipe de sete colaboradores estabeleceu relacionamentos cooperativos, colaborativos e de confiança. Surge um boato, que não confirma-se depois de um certo tempo!

Um nome é colocado na berlinda. De quem? Daquele que apresenta vendas menos expressivas ou deste que está tensionando o ambiente de trabalho e promovendo tal rumor? Pense nisso!

Segundo Child e Faulkner (1998, p.51), o elemento “confiança” nos relacionamentos torna-se real e é fortalecido por meio da combinação de três fatores: interação social – que é em outras palavras esta Competência Social –, afinidade cultural entre as pessoas – idioma, valores – e a presença de normas e sanções por parte das organizações que ambientam tais relacionamentos (seja uma só ou uma parceria entre diversas).


Os profissionais de Recursos Humanos têm agora trabalho em dobro, isto é, além de investir fortemente em treinamento & desenvolvimento e em planos de carreira, têm de desenvolver métodos e estratégias de recrutamento, seleção e retenção de talentos.

A tendência do turismo, em termos de gestão de pessoas, é a promoção do capital intelectual, o fomento a inovação e o desenvolvimento contínuo dos talentos tanto da própria empresa, quanto dos parceiros.

Referência
CHILD, John; FAULKNER, David. Strategies of Co-operation. England: Oxford University Press, 1998.

PUBLICAÇÃO SIMULTÂNEA NO BLOG COSTA DO SOL TURISMO.
Postar um comentário