Translate this blog

Pesquisar este blog

3.23.2009

Documentos mal cuidados podem barrar contratação, dizem especialistas

Fonte: G1

Descuidar da documentação pessoal pode estragar os planos de quem está procurando emprego. Segundo especialistas, uma carteira de trabalho desgastada pelo tempo ou falta de cuidado, um documento de identidade com foto muito antiga ou um CPF amassado podem barrar a contratação de um candidato a uma vaga de trabalho.

Segundo a supervisora do setor de habilitação do seguro-desemprego do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), Sabrina Alexandrino, trabalhadores que apresentam documentos rasurados e inutilizados em razão da má conservação são frequentes nos postos de atendimento do CAT.

“Na carteira de trabalho, por exemplo, é comum vermos a foto trocada e sem o carimbo original que está na carteira. Mesmo sem saber, o trabalhador invalidou a carteira. Não pode dar entrada no seguro-desemprego”, explica Sabrina.

Outro ponto comum, segundo ela, é a apresentação de documentos com fotos antigas. "A pessoa mostra a carteira de identidade com uma foto de quando era criança ou muito novinha, em que nem é possível identificá-la mais", afirma.

Trio principal

Para a consultora Neli Barbosa, da Ricardo Xavier Recursos Humanos, atenção especial deve ser dada a três documentos principais: carteira de identidade (RG), CPF e carteira de trabalho.

“De repente o documento sumiu, a pessoa não sabe onde está, chega o dia de apresentar a documentação e (ela) ainda não tem. A pessoa pode perder a oportunidade de emprego”, diz Neli. “Às vezes a empresa tem a data limite para contratar naquele mês e não tem como postergar. Em um mês o mercado pode mudar a estratégia e não contratar mais."

Perder a carteira de trabalho pode render diversos tipos de "dores de cabeça" para quem procura oportunidade profissional. Além de servir de base para cadastrar as informações sobre o trabalhador em processos de seleção, é com ela que o candidato vai comprovar sua experiência profissional.

Mais do que solicitar uma segunda via em caso de perda, será preciso voltar de empresa em empresa pedindo para que o período de trabalho seja registrado novamente.

Segundo a supervisora Sabrina Alexandrino, candidatos que perderam ou invalidaram a carteira de trabalho recebem orientação nos postos do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), em São Paulo.

"Quem perde a carteira a gente solicita que tire uma nova e vá à empresa para que a empresa transponha o registro na outra. Isso (os registros de experiências anteriores) influencia até numa aposentadoria", afirma.

Cuidados

Para evitar problemas, o melhor é tomar cuidados na hora de guardar os documentos. Não é preciso sair de casa com todos os documentos de uma vez; na hora de preencher uma ficha em uma agência de emprego, identidade e carteira de trabalho são os mais necessários.

Ao transportar documentos, a recomendação de especialistas é de os todos os documentos importantes sejam guardados e transportados em uma pasta de plástico. No bolso da calça ou da camisa, por exemplo, onde o papel fica exposto aos efeitos do suor, além de serem danificados por movimentos.

"Uma pasta com plásticos em que a pessoa vai guardar todos os documentos e saberá que tudo está ali. Pode deixar sempre uma cópia junto com o original, para caso de necessidade", diz Neli Barboza.

Outra dica que pode agilizar um eventual processo de contratação é ter sempre na mesma pasta uma foto 3x4 atualizada. "Em muitos processos eles pedem e é bom ter uma foto nova, bonita e não tirada às pressas para mostrar", diz.
Postar um comentário