Translate this blog

Pesquisar este blog

2.18.2009

Experiências em EaD: parcerias em formatação

Por: Aristides Faria

Estamos dando início a um novo projeto, trata-se de uma parceria bastante promissora entre os blogs “Costa do Sol” e [RH em Hospitalidade]. O primeiro deles é editado pelo Escritor Carlos Figueiredo, já o segundo é desenvolvido por mim, Aristides Faria, como vocês acompanham. Nosso primeiro contato aconteceu via Orkut e o segundo via e-mail. São os vieses da desterritorialização da comunicação nos negócios.

Quase que profeticamente o Carlos – enquanto escrevo o texto ele ainda não sabe disso – apresentou-me a missão de nossa coluna/parceria. É a seguinte: “comentar e analisar as atuais exigências do mercado de trabalho no turismo de modo geral, e como isso impacta nos profissionais, chegando com isso a conclusões de futuras tendências do mercado”. Há meses venho pensando em desenvolver algum trabalho neste sentido.

Há aproximadamente um mês iniciamos o espaço “Experiências em EaD”. Esta nova parceria deverá fortalecer ainda mais nosso blog, afinal teremos textos novos e de nossa autoria em quase todos dias úteis da semana, ficando pendente as terças-feiras. Logo surgirá mais algum parceiro-amigo para completar o menu.

Este é resultado deste trabalho sem fronteiras. No ano de 2008 visitei cinco Estados por conta deste trabalho. É incrível! Se eu fosse algo em torno de dez anos mais velho, talvez nunca vislumbrasse esta possibilidade. A internet e, como no caso de nossa coluna, a Educação à Distância proporcionam oportunidades únicas e ilimitadas às nossas vidas pessoais e profissionais.

Na última segunda-feira estive em contato com um colega que é Professor Doutor e está iniciando um curso de licenciatura em Turismo na modalidade à distância. Surpreendente a sua visão do mercado e da vida acadêmica. Parece loucura ou perda de tempo, mas sereno como sempre, meu amigo ponderou que, ainda que Doutor e autor de livros, precisa de atualização e “Experiências em EaD”.

Penso que esta situação resuma duas coisas: a primeira, nossa a proposta de trabalho do [RH em Hospitalidade], que é Profissionalismo e Pioneirismo; e a segunda, que é o dom da Hospitalidade enquanto educador. Eis a preocupação com seus alunos, que são os clientes finais de seu saber, reflexões e experiências.

Em minhas aulas presenciais insisto em basear nossas atividades em estudos de casos e provocar meus alunos que tragam seus casos e vivências para sala de aula. Penso que, presencialmente ou à distância, a principal atribuição de um facilitador seja promover um ambiente sadio de interação e aprendizagem.

Para ter acesso a uma oportunidade de aprendizado, experiência e socialização via web clique aqui! Saiba mais sobre o curso à distância do [RH em Hospitalidade]!
Postar um comentário