Translate this blog

Pesquisar este blog

11.24.2008

Fim de ano é tempo de planjamento

Por Pollyanna Melo - Administradores

O ano de 2008 ficou para trás e chegou o período em que as empresas se fecham para avaliar seu desempenho. E, mais importante, planejar os próximos passos no ano que se inicia. O que nem sempre é uma tarefa fácil.

Muitas vezes a inexperiência ou falta de preparo impedem os gestores de visualizar as tendências do mercado ou mesmo a situação real do próprio empreendimento. Especializado na organização de empresas, o consultor e diretor da AG9 Sistemas de Informação, Luiz Alcantara indica que esse período de avaliação e planejamento é fundamental.

Segundo Alcantara, "É importante fazer um levantamento patrimonial ao final de cada ciclo. Mensurar o aumento ou não do capital de giro próprio da empresa". O consultor pontua que é com base nos dados adquiridos nessa avaliação que devem ser tomadas as ações.

Capital x Estratégia

Se a empresa fechou o ano no vermelho, é hora de buscar mais eficiência e minimizar os custos. "Outra saída é buscar a ampliação de mercados, conseguindo assim maiores margens, abrir mão de gastos supérfluos e estudar os processos operacionais para viabilizar os produtos que geram maiores contribuições à organização", explica o consultor.
Para quem ficou no zero a zero, a perda é tão significativa quanto a de quem teve prejuízo. "Só se faz investimentos para buscar resultados, caso contrário o esforço foi em vão. Quem não saiu do lugar em 2008 perde sua posição de mercado, afinal alguém saiu ganhando no seu lugar".

Já no caso das empresas que sobreviveram à crise e conseguiram um bom capital para investimento, o caminho em 2009 com certeza será mais fácil. “O ano promete uma boa jornada, com as possibilidades de alavancagens financeiras e expansão de mercado com captação de capital com melhores prazos e taxas de financiamentos”, prevê Alcantara.
Postar um comentário