Translate this blog

Pesquisar este blog

10.06.2008

Sua empresa já contratou um Employer Branding?

Por: Marcos Graciani

Com formação em RH e Marketing, novo profissional trabalha para fortalecer a imagem das organizações na busca por novos colaboradores.

Um novo tipo de profissional começa a ganhar vida no mundo corporativo, principalmente em companhias norte-americanas. Trata-se do employer branding, pessoa especializada tanto em Recursos Humanos quanto em Marketing. Dessa combinação, sai um sujeito apto a "vender" a empresa para candidatos talentosos e disputados pelos concorrentes. "O RH não tem este conhecimento, e o responsável pelo departamento de marketing está focado em desenvolver e vender produtos. O desafio é ser um híbrido", explica Othamar Gama Filho, presidente da People Keys do Brasil, consultoria especializada em capital humano.

Ainda existem poucas companhias no mundo dotadas deste profissional. Uma delas é a Enterprise Rent-A-Car, maior locadora de automóveis dos Estados Unidos. Com a estratégia traçada pelo employer branding, a empresa passou a atuar de maneira mais agressiva na mídia com o objetivo de captar novos talentos para sua área de vendas. Semanalmente, a companhia veicula publicidade em televisão, jornais e revistas. Vale tudo para mostrar os atrativos que um funcionário pode ter ao conquistar o crachá da Enterprise. No Brasil, diz Gama, o novo método de garimpar talentos ainda precisará romper algumas barreiras e costumes um tanto arcaicos. "Aqui, até mesmo as grandes empresas se acostumaram a anunciar programas de trainees apenas nas últimas páginas de revistas segmentadas. Somente isto não basta", diz o consultor. Para ele, com esta maneira de cooptar funcionários, as empresas correm o risco de contratar pessoas pouco capacitadas ou que não conseguem se adaptar à cultura do novo ambiente.

Setores como tecnologia e construção civil são apenas dois entre os que mais sofrem com as escolhas erradas e com o déficit de talentos. Um exemplo citado por Gama é a Imagem, empresa especializada em registrar fotos via satélite. Fundada há 20 anos, a companhia de São José do Rio Preto (SP) não tem conseguido encontrar profissionais adequados para preencher as vagas disponíveis. Além da falta de capacidade técnica, a Imagem sofre com um concorrente de peso: a Embraer, que contrata profissionais com perfil semelhante.
Postar um comentário