Translate this blog

Pesquisar este blog

7.17.2008

Luiz Trigo: responsabilidade compartilhada

O hóspede é sempre responsabilidade do hotel

Essa é antiga, mas é boa. Saiu na revista Veja, em 3 de dezembro de 2007 (página 34). "Uma seguradora fechou o Club Mediterranée, em Angra dos Reis, para o tradicional boca-livre vip. Depois de viajar duas horas, à noite, numa estrada perigosa, o presidente da Varig, Fernando Pinto, acompanhado da mulher e dois filhos, foi barrado na entrada por um porteiro, que alegou ser o convite apenas para o casal. Cansado, ele foi procurar um hotel próximo. Só que o hotel estava com todos os apartamentos bloqueados para um seminário de uma outra seguradora. Mas, ao saber de quem se tratava, o funcionário da rival arranjou a melhor suíte para o presidente da Varig. Na segunda, Pinto trocou de seguradora."

Imagine que você é responsável pelos eventos de um resort. Casa cheia, festa de final de ano, com muitos vips e badalações. Evidentemente o pessoal da empresa que fretou o hotel possui responsabilidade para com seus convidados, mas ... a responsabilidade final é do hotel. Por três motivos: o hóspede é convidado da empresa, mas ficará no seu hotel; em segundo lugar, quanto melhor for o evento, mais contentes os responsáveis ficarão e isso significa retorno, provável fidelização; finalmente, quem entende plenamente de hospitalidade é você e não necessariamente, seu cliente.

Leia o texto do Professor Luiz Gonzaga Godoi Trigo na página do Hôtelier News!
Postar um comentário